Ex-mulher tentou matar bombeiro por não aceitar fim da relação, diz polícia

Izael Martins foi esfaqueado no pescoço em dezembro, mas sobreviveu. Presa no CPJ, Rosivânia foi indiciada por tentativa de homicídio.

A Polícia Civil de Alagoas concluiu o inquérito da tentativa de homicídio contra o bombeiro militar Izael Martins da Silva, esfaqueado pela ex-mulher em dezembro de 2016. De acordo com as investigações, a Rosivânia da Conceição não aceitava o fim relacionamento entre os dois, por isso tentou matá-lo.

As informações sobre o inquérito foram confirmadas nesta segunda-feira (30) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). A polícia pediu a prisão preventiva de Rosivânia, que alegou estar com depressão e foi encaminhada ao Centro Psiquiátrico Judiciário (CPJ).

De acordo com a polícia, a perícia apontou que a ex-mulher chamou Izael para arrumar uma gaveta na casa dela. Quando ele se abaixou para consertar a gaveta, ela o golpeou com uma faca na região do pescoço.

O bombeiro Izael Martins foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE) no dia do crime e depois foi transferido a um hospital particular da cidade. A família de Martins afirmou que ele está tetraplégico e que a situação é irreversível.

“A gente acredita que a depressão seja mais uma farsa da Rosivânia. Em um primeiro momento, ela havia se mostrado tranquila sobre a questão de visitar a filha. Acreditamos que isso já seja um sinal da premeditação. Não esperávamos que chegasse ao ponto de ela golpear meu irmão no pescoço”, disse Iziano Batista, irmão de Izael.

“O Izael está tetraplégico. Estamos atrás de novos tratamentos para ele, mas não há um tratamento nem tecnologia que reverta a condição dele”, lamentou Batista.

Durante as investigações, 14 pessoas prestaram depoimento, inclusive Rosivânia. Inicialmente, ela afirmou que havia sido agredida pelo ex-marido, mas depois mudou o depoimento ao delegado Fábio Costa, chefe da Delegacia de Homicídios.

g1

30/01/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *