Segurança Pública ocupa bairros e assegura controle e tranquilidade da população  

Comandante do 5º Batalhão da PM garante que nenhuma das ações delituosas em bairros de Maceió foi ocasionada pelo crime organizado

Comandante do 5º Batalhão, Carlos Amorim, assegura que as ações não foram derivadas do crime organizado e pediu tranquilidade à população, ao reforçar que está tudo sob controle. Adaílson Calheiros


As forças de segurança do Estado vão garantir o controle e tranquilidade da população em alguns bairros de Maceió e asseguram que os casos de homicídios ocorridos nos últimos dois dias nessas localidades não foram derivados do crime organizado.

Para isso, a Segurança Pública com apoio da Rádio Patrulha, Bope, Serviço de Inteligência e Grupamento Aéreo se reuniram nesta quinta-feira (26) para dar continuidade ao trabalho de prevenção, investigação e novas ações onde foram traçadas estratégias para impedir que outros crimes e homicídios em áreas de risco habitual aconteçam.

Uma das medidas é a ocupação de três regiões que foram alvo de ações criminosas nesta semana: a Grota do Rafael, no Jacintinho, depois de um tiroteio; a Cidade Sorriso I, no Tabuleiro, posteriormente a um homicídio, e o Dique-Estrada, depois dos incêndios a dois coletivos.

O comandante do 5º Batalhão da Policia Militar, Carlos Amorim, certificou que as ações não foram derivadas do crime organizado e pediu tranquilidade à população, reforçando que está tudo sob controle. “Ninguém precisa temer. Estamos com estratégias para inibir outras possíveis ações e não vamos medir esforços”, afirmou.

Amorim reforçou, ainda, a utilização do 181 como ferramenta de auxílio ao trabalho da polícia. “É através dessas ligações que nós conseguimos identificar muitos casos e solucioná-los com agilidade”, explicou, solicitando que a população deve continuar atuando como peça primordial no combate ao crime.

 

Casos

Na terça-feira (24), a Grota do Rafael, no bairro do Jacintinho,  registrou um tiroteio que deixou um morto e outros feridos. Já na quarta-feira (25), dois ônibus foram incendiados por criminosos. Um dos ataques ocorreu em frente à Guarda Municipal, no bairro da Ponta Grossa, e outro em frente ao quartel do 1º Batalhão, no Vergel do Lago. E por fim, também na quarta-feira, na Cidade Sorriso I, um jovem de 18 anos foi morto por vingança.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *